Magia negra e o Grand Grimoire

Magia negra e o Grand Grimoire

Nos anos de 1753, o Bispo de Oloron-Sainte-Marie, França, tomou conhecimento de fortes trabalhos de magia negra que eram executados na sua diocese, e deixou disso nota nas suas missivas pessoais. Os trabalhos de magia negra estavam a ser realizados com saberes de Cipriano que se encontravam inscritos no Grand Grimoire, e no famoso Le Grimoire du Pape Honorius , um grimório de magia negra atribuído ao Papa Honorio III ( 1150 – 1227). O Grand Grimoire é o titulo de um famoso grimório mencionado pelo místico e demonologista Norte-Americano Arthur Edward Waite ( 1857 – 1942), autor do notório Book of Black Magic and Pacts ( 1910), ou «Livro da Magia Negra e Pactos».

A mais antiga publicação do Grand Grimoire, remonta a 1421. O Grand Grimoire é descrito por Waite como um dos mais fantásticos dispositivos infernais para invocar demónios, até os mais relutantes em se manifestarem. Também conhecido como «Le Dragon Rouge», ou «o Dragão Vermelho», este grimório de magia negra concentra um importante capítulo sobre os procedimentos ocultos para invocar o demónio Lucifuge Rofocale.

O nome «Lucifuge» significa «mosca-luz», e certos demonologistas atribuem-lhe uma relação directa a Lúcifer, que significa «portador de luz». Acredita-se por isso que Lucifuge seja um dos nomes atribuídos a Lúcifer, já depois da sua queda, e de ter assumido plenamente o seu estatuto de demónio, associando-a á «mosca», coisa que também o demónio Beelzebub o fez, cujo o nome na verdade significa «senhor das moscas», o príncipe do submundo.

Mais tarde,  em 1882 um historiador galego encontrou uma versão do Grand Grimoire onde se encontravam ensinamentos de são Cipriano, o bruxo (f. 258 d.C),  impressos em Francês e Latim, num capitulo intitulado «Cyprien Mago ante Conversionem». O local de publicação desta obra era Salamanca, e havia sido redigido em 1460. O texto continha várias imagens de sigilos mágicos, assim como formulas diabólicas para obter todo o tipo de favores com a ajuda do Diabo. O texto de são Cipriano, o bruxo, impresso no Grand Grimoire, foi usado com grande sucesso por um notório bruxo de nome Lagrange.

Arthur Edward Waite ( 1857 – 1942), foi um ocultista Inglês nascido dos Estados Unidos da América, e criador do célebre baralho de Tarot Rider-Waite. Para alem disso, Waite foi o autor da obra Unknown World. O místico e demonologista Norte-Americano Arthur Edward Waite foi também autor do notório Book of Black Magic and Pacts ( 1910), ou «Livro da Magia Negra e Pactos». Waite mencionou nos seus escritos o The Arbatel of Magic , algumas vezes chamado Isagoge, que é um grimório trazido á terra por um anjo chamado Arbatel.  Sabe-se que o livro não sobreviveu aos tempos, tendo dele restado uma versão incompleta de apenas alguns fragmentos. Este grimório possuía formulas de invocação de anjos, demónios e génios, assim como os seus nomes. Neste ancestral grimório, constavam também os nomes de demónios olímpicos ou Jâmblicos.

Da mesma forma, Waite mencionou o famoso Grand Grimoire , que continha várias formulas de magia negra para invocar e obter todo o tipo de favores do demónio Lucifuge Rofocale; Lucifuge Rofocale, é o nome dado a um demónio mencionado no Grand Griomoire, e que como observa o historiador e ocultista Waite, é uma variação do termo «portador de luz», que é Lucifer. Este demónio quando é invocado, deve sê-lo na qualidade de um chamamento endereçado ao «Imperador Lúcifer», e tem o atributo de se for sua vontade, tanto conduzir a riquezas, como abrir caminho aos desejos amorosos.

Procura verdadeiros trabalhos de magia negra ?

Venha falar com quem sabe.

Escreva-nos!

© 2019, admin. Todos os direitos reservados. Copyright de trabalhosdemagianegra.com

This entry was posted in magia negra and tagged , , . Bookmark the permalink.