Trabalhos de Magia Negra – ALTAR DE BAPHOMET

Altar Baphomet, Altar de Magia Negra Trabalhos de Magia negra

trabalhos de magia negra, magia negra, amarrações, amarrações de magia negra,

O diabo existe.

Quem o afirma é o Papa João Paulo II, e o Papa Francisco, assim como o Papa Paulo VI.

O demónio existe, também no sec XXI – disse o Papa Francisco na sua meditação em missa celebradas sexta-feira dia 11 de Abril 2014, na capela de Santa Marta. «E o diabo com Eva, não acaba bem para Eva. Ganha o Diabo!» – afirmou o Santo Pontífice. Assim o Papa confirma a existência do Diabo, assim como da magia negra, dos trabalhos de magia negra, e da bruxaria que são as poderosas obras que provem dos espíritos de trevas.

Para quem pensa que o Diabo deixou de existir na era do Facebook e do WatsApp, afirma o Papa perentoriamente: « Não devemos ser ingénuos. » O diabo, os demónios e os espíritos de trevas continuam a existir no sex XXI, conforme sempre existiram.

 

 

 

 

O papa Joao Paulo II, a 13 de Agosto 1986 dedicou uma grande declaração aos anjos caídos ou demónios, afirmando que o Satanás existe, que os demónios existem, e que isso tanto era verdade nos templos bíblicos como é nos dias de hoje. Assim disse o papa João Paulo II nessa data:

«A catequese fala sobre os anjos, mas também nos prepara para a verdade revelada pela Sagrada Escritura e transmitida pela Tradição da Igreja… sobre Satanás, isto é, o anjo caído, o espírito iníquo, que também é chamado de diabo ou demônio. . (…) , [ Está comprovada] a presença de Satanás na história da humanidade.(…). A influência do espírito maligno pode-se esconder de maneira mais profunda e eficaz. É do seu próprio “interesse” [ do interesse do Diabo] tornar-se desconhecido. Satanás tem a habilidade no mundo de induzir as pessoas a negar sua existência em nome do racionalismo e de qualquer outro sistema de pensamento que busque todos os meios possíveis para evitar reconhecer sua atividade

AUDIÊNCIA GERAL do PAPA JOAO PAULO II – 13 Agosto 1986

Assim afirmava o papa João Paulo II que o Diabo existe, tem sempre estado presente ao longo da historia da humanidade, e que é do seu maior interesse fazer as pessoas crer que ele não existe, pois assim ele e dos demónios podem esconder-se e agir livremente, uma vez que a ciência e a lógica do sec XX e XXI levam sempre a crer que isso são mitos do passado. O papa João Paulo II não apenas assim o afirmou, como ordenou o inicio de vários cursos de formação para padres exorcistas, uma vez que se começou a detectar uma ocorrência cada vez mais galopante de fenómenos de possessão demoníaca pelos quatro cantos do mundo.

Não apenas o Papa Joao Paulo II afirmou que o Diabo existe, como o reafirmou o Papa Francisco, como antes disso já o Papa Paulo VI o tinha dito, quando assim afirmou:

«Hoje tem-se a sensação de que por alguma fenda, o fumo de Satanás entrou no templo de Deus. (…) acreditamos em algo sobrenatural, [o Diabo, os demónios ] »

Papa Paulo VI, HOMILIA NA SOLENIDADE dos SANTOS PEDRO E PAULO – Junho 1972

Pois bem:

Neste texto, o Papa Paulo VI confirmava a existência de Satanás, da magia negra, dos trabalhos de magia negra, como ainda avisava sobre a existência de freiras satânicas e padres satânicos que existem no seio da Igreja, sob sedução de Satanás, e sob influencia de de pactos demoníacos ou pactos satânicos.

Assim se confirma: o diabo, os demónios, os espíritos de trevas, a assombrações, a magia negra, os trabalhos de magia negra, as bruxas …. existem mesmo, e são mesmo reais.

Não são crendices de gente inculta, nem superstições antiquadas da Idade Media. São entidades espirituais reais, verdadeiras, e que causam fenómenos muito concretos e objetivos neste mundo, e que tem sido objecto de estudo, de registos documentados, e de observações exigentemente escrutinadas por rigorosos critérios. Milhares de volumes de estudos, registos e observações documentadas sobre demonologia, possessões demoníacas, bruxaria e magia negra estão arquivadas nos secretos arquivos da Biblioteca do Vaticano.

Por isso, quando ao diabo, aos demónios, á magia negra, aos espíritos de trevas, tudo isso são realidades tao reais como o equipamento electronico onde você está lendo estas palavras.

São os Papas que o dizem, é o Vaticano que o comprova através dos seus batalhões de sacerdotes exorcistas formados especialmente para lidar com fenómenos demoníacos.

O próprio Catecismo da Igreja Católica afirma claramente a existência do Diabo, e por consequência atesta a existência de demónios, de magia negra, de trabalhos de magia negra e toda essa realidade infernal, pois que ali podemos ler:

«por detrás da desobeciencia a Deus dos nossos pais [ Adao e Eva] , há uma voz sedutora, oposta a Deus (…) a escritura e a tradição veem nesse ser um anjo caído, chamado Satanás o Diabo. Segundo e ensinamento da Igreja, ele foi o primeiro anjo bom, criado por Deus. De facto, o diabo e outros demónios foram criados [ por Deus]»

Catecismo da Igreja Católica, 391

Pois aqui se atesta sobre a existência de Satanás, dos demónios e dos espíritos de trevas, e por consequência da magia negra e dos trabalhos de magia negra, que são milenares saberes ocultos que se dirigem a tais entidades.

No altar de Baphomet partilhamos desses saberes ocultos, e celebramos trabalhos de magia negra para todos os fins:

amarrações, separações, afastamentos, justiça, vingança, esterilidade, fertilidade, prosperidade, felicidade e infelicidade.

Sobre os demónios, assim disse santo António Abade:

«todos os demónio tem uma mesma substancia. Quando [ ao anjos] se separaram de Deus, formou-se a partir deles uma grande variedade pela diversidade do seu comportamento. Por esta razão, tem nomes diferentes consoante a sua actividade. Alguns formam chamados arcanjos, outros tronos, outros dominações, principados, potestades, querubins. Receberam estes nomes, porque obedeceram á vontade do seu Criador.

No que diz respeito aos outros, pelo seu comportamento foram chamados de Satanás, demónios, espíritos impuros, sedutores, príncipes deste mundo. Deles existem muitas outras espécies»

Santo António Abade, Quarta Carta, 7

Assim explica santo António Abade que os demónios existem, tal conforme existem os anjos, e que todos eles foram inicialmente os primeiros espíritos criados por Deus, espíritos poderosos pois que foram gerados a partir da própria substancia divina de Deus.

Explica também o santo que alguns desses anjos se recusaram prestar obediência a Deus, e que por isso foram chamados de demónios, e expulsos do reino celestial, havendo sido exilados aqui na terra, tornando-se senhores, soberanos e príncipes deste mundo.

Pois por isso: quem procura resolver problemas e assuntos deste mundo, então procure á magia negra, procure aos trabalhos de magia negra, feitos por verdadeiros bruxos e bruxas, pois nos assuntos deste mundo são os soberanos deste mundo que governam e decretam, e por isso nenhuma outra chave abre as portas desses problemas senão a chave dos trabalhos de magia negra.

Sobre o diabo e demónios, assim disse são Tomás de Aquino:

«O diabo pode induzir o homem a pecar, [ a ir por este, ou aquele caminho e vida] o diabo mobiliza a vontade e do homem, como quem o convence, movendo os espíritos animais ou os humores do corpo. O demónio é tentador. Ele convence o homem a fazer alguma coisa de duas maneiras: da maneira visível , e da maneira invisível. (…) Manifesta-se dessas forma ao homem, convencendo-o a enveredar por um certo caminho, por uma certa acçao, por uma certa coisa ou por uma certa pessoa, tal conforme a serpente tentou a Eva e Adão no paraíso.» E o Diabo não falhou nesse seu propósito, pois o seu arsenal de artimanhas é vasto e profundo .

São Tomás de Aquino – extraído de leituras de QUAESTIO DISPUTATA DE MALO, q.3, ART 4/58

Pois assim se fica a saber:

quando se deseja unir duas pessoas, ou desunir duas pessoas, ou afastar pessoas indesejáveis, ou que alguem tenha prosperidade na sua vida, ou que alguem tenha apenas sofrimentos e perdas na sua vida, tudo isso é possível alcançar através de trabalhos de maia negra. Quando feitos por quem sabe mesmo faze-los, e quando operados por quem tem vinculo com os espíritos de trevas, então toda a porta é possível de abrir numa vida, conforme toda a porta é possível fechar nuima vida. Prova disso, é que até os mais santos e eruditos dos santos assim reconheciam aos poderes dos demónios, e da magia negra.

Tambem sobre demónios, assombrações e espíritos de trevas, assim disse santo Agostinho de Hipona:

«Satanás transfigurou-se assumindo a forma de um anjo de Luz. (…) São esses os seus fantasmas, assim como falsos deuses que o acompanham»

santo Agostinho de Hipona . extraído da obra CIDADE DE DEUS, X, 10

assim declarava santo Agostinho de Hipona que grande são os poderes demoníacos, capazes de invocar a deuses pagãos, demónios, assombrações e fantasmas, que conseguem operar todo o tipo de prodígios neste mundo. E por isso, assim se atesta que quando lidados por quem tem vinculo com os espíritos de trevas, e quando empreendidos por quem tem sabedoria, os trabalhos de magia negra podem abrir e fechar todos os caminhos que se deseja trancar ou destrancar, seja em amarrações para o amor, seja em separações de casais, seja em ritos para prosperidade, sejam em maldiçoes para infelicidade alheia, sejam para atrair ou afastar pessoas, seja para a felicidade ou infelicidade.

Dizem os ensinamentos do catecismo:

«Santanas é uma criatura poderosa. Poderosa pelo facto de ser puro espirito, [um anjo]. Santanás, [ assim como os demónios e os espíritos de trevas] exercem no mundo a sua acção, causando efeitos tanto espirituais como até físicos. »

Leitura do CIC – catecismo da Igreja Catolica , 395

Assim se pode observar nos ensinamentos da CIC – catecismo da Igreja Católica , 395 – que demónios, assombrações e espíritos de trevas são poderosos, e poderosas podem ser as suas influencias e obras neste mundo. Pois é usando-se dos trabalhos de magia negra, que se conseguem alcançar os mais espantosos resultados nos mais difíceis assuntos deste mundo, sejam eles em assuntos amorosos com amarrações, sejam eles em separações de casais, sejam eles em alcançar prosperidade, sejam eles a afastar pessoas indesejáveis.

 

 

Sobre o aparecimento de demónios de magia negra neste mundo, assim se pode ler no diário de santa Faustina:

«Esta noite, precipitou-se-me na cela Satanás, com grande furor.(…) Assustei-me (…) hoje não vi a figura monstruosa, apenas senti a sua presença»

Santa Faustina , Diário, 713

Pois assim se vê pelo diário da santa:

os demónios podem manifestar-se neste mundo, visível ou invisivelmente. Eles manifestaram-se varias vezes a santa Faustina, assim como a diversos outros santos.

Ora,

invocados em ritos de Magia Negra através de trabalhos de magia negra, os espíritos de trevas e assombrações respondem, e empreendem nas demandas que se lhes pede, quando se tem com eles Pacto e sabedoria para nestas obras lidar.

Por isso:

Quando quiser um verdadeiro trabalho de magia negra, procure por quem o sabe e pode verdadeiramente fazer.

Escreva-nos!

Trabalhos de magia negra, magia negra, amarrações.  O altar de baphomet é uma Associação de natureza religiosa – informal e sem personalidade jurídica – fundada em 2011, e conforme os termos da Lei 16/2001 de 22 de Junho.
O altar de baphomet é um altar privado de culto religioso privado e fechado. O altar de baphomet exerce os seus préstimos espirituais online, já há quase 1 década aqui abrindo caminhos nas causas mais impossíveis.
 No altar de baphomet praticam-se as artes da magia negra, invocações de espíritos de trevas, conjuraçoes de demónios, assombrações e aparições. Celebram-se missas negras para todos os fins: amarrações de casal, separações de casal, bruxaria de vingança, bruxarias de justiça, trabalhos de magia negra para afastamento de pessoas indesejáveis, trabalhos de magia negra para todos os fins.
Desde 2011 a providenciar sucessos e vitorias, nos casos mais difíceis e desesperados.

 

Sites recomendados:

Trabalhos de Magia Negra . Portal Astrologia e Esoterismo . Amarrações de Necromancia . Amarrações amorosas . Magia e Bruxaria no YOUTUBE .