Amarrações de amor

Amarrações de amor

No capitulo IV do Livro II do célebre grimório Demonology (1597) do rei James I (1566 –1625), dá-se nota que «Conforme ninguém serve a Deus sem ter o seu selo que é o sacramento do Baptismo,  também nenhuma bruxa presta adoração a Satanás sem que antes seja marcada pelo seu selo, que é o Pacto com o Diabo, e a marca que dele recebe.». Pois por volta dos anos de 1652, existiu uma reputada bruxa de nome Hester França, que habitava em Huddersfiel, Inglaterra, e que tinha já recebido a marca do Diabo, assim como os segredos do oficio da magia negra. A bruxa Hester , também conhecida pela bruxa de Huddersfiel era uma viúva, conforme são muitas as bruxas de há relato. conforme sucede com frequência a grande parte das bruxas. Diz a Bíblia que Deus é um Deus ciumento, que exige apenas para sí toda a devoção, louvor e amor, pelo que padres e freiras se entregam em matrimonio apenas a Ele. Dizem também as lendas sobre o Diabo, que nisso Ele é igual a Deus, ou seja, o Diabo também exige ser o único esposo das bruxas, e solicita-lhes toda a atenção, amor de devoção. Por ser ciumento, se uma bruxa se dedica demasiadamente a um homem, é quase certo que esse homem acabará por ver os seus dias de vida encurtados. Assim sucedeu com o esposo de Hester, a quem o Diabo já antes tinha aparecido, e seduzindo-a a tomou lascivamente, e fascinando-a com os poderes que dos segredos da magia negra, levou-a a celebrar Pacto dom o demónio, convertendo-a numa bruxa. Dai em diante, foi por mais de vinte anos que Hester desempenhou os ofícios da magia negra, tornando-se uma reputada bruxa.

Um dos fortes trabalhos da bruxa de Huddersfiel era celebrado acendendo no interior do seu caldeirão um carvão abençoado em nome de Satanás. O carvão ardia no seu caldeirão como um fogo que a bruxa podia transportar consigo para onde desejasse, e consumar os seus trabalhos de magia negra onde entendesse, por vezes nas próprias imediações da casa da vítima que se pretendia embruxar. Com esse fogo que ardia dentro do caldeirão, e que era transportável de sitio para sitio, foram feitos fortes trabalhos de magia negra. A bruxa vertia os ingredientes de magia negra para dentro do caldeirão onde ardia o fogo daquele ímpio carvão satânico, nas quais os ingredientes se consumiam como se fossem acolhidos pelas próprias labaredas do inferno. A bruxa Hester ali vertia pós, ervas, sapos, lagartos, corações de galo preto, raízes, e todo o tipo de ingredientes mágicos adequados ao bruxedo que era oficiado. Com este método, a bruxa de Huddersfiel lançou potentes amarrações, das quais não havia escapatória, o que lhe fez merecer grande fama, e por isso os seus préstimos ocultos eram abundantemente requisitados.

Susannah Gore, (1736 – 1826), foi uma famosa bruxa de Yorkshire, Inglaterra. Com a sua magia negra casou-se com o rico proprietário industrial da localidade de Barrow, onde viver durante algum tempo. Por isso mesmo, tornou-se conhecida pela bruxa de Barrow. Susannah enviuvou depois do empresário, herdando-lhe uma boa fortuna. Em 1083 edificou uma casa na localidade de Driffield, que baptizou com o nome de Spread Eagle, embora toda a gente conhecesse a propriedade pela «casa da bruxa de Barrow», que era a localidade onde a bruxa tinha antes habitado, e ficado famosa pelos seus trabalhos de magia negra. Era nessa casa que a bruxa recebia as incontáveis pessoas que procuravam pelos seus préstimos ocultos: empresários desejando boa sorte nos negócios, pessoas aflitas querendo livrar-se de bruxedos e pragas, pessoas assombradas procurando livrar-se de espíritos e maldiçoes, assim como pessoas com problemas amorosos.

Conforme afirma o famoso e influente «Compendium Maleficarum» , ou o «Compêndio das Bruxas» de 1608, do notório padre e demonologista Italiano Francesco-Maria Guazo (n. 1570), «diferentes demónios encarregam-se de diferentes deveres, como foi a casos dos Deuses Pagãos. Um provoca tempestades no mar, outro tempestades em terra». Por isso, as bruxarias fazendo apelo aos demónios competentes pelo assunto que se deseja tratar, elas podem gerar efeitos em todo o tipo de assuntos. Mas nos assuntos amorosos, a bruxa de Barrow conseguia realizar as mais fortes e magnificas amarrações. Tão bem-sucedidas, que mesmo séculos após a sua morte, ainda a casa de bruxa de Barrow era famosa, e o seu nome relembrado.

Ainda hoje, quem detém estes antigos e ocultos saberes, continua a executar as mais fortes amarrações de amor, e essas ancestrais amarrações de amor continuam tão fortes nos dias de hoje, como eram há séculos atrás.

Procura verdadeiras amarrações ?

Venha falar com quem sabe.

Escreva-nos!

 

© 2019, admin. Todos os direitos reservados. Copyright de trabalhosdemagianegra.com

This entry was posted in amarrações and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.