Trabalhos de magia negra para amarração do homem casado

Trabalhos de magia negra, para amarração do homem casado

Algumas das mais fortes manifestações de trabalhos de magia negra, bruxaria e possessão demoníaca, ocorreram vários conventos franceses durante o sec XVII. Um desses casos sucedeu em Aix-en-Provence, no ano de 1611, onde duas possessões de freiras sucederam devido a bruxarias celebradas pelo padre Louis Gaufridi. Já na localidade de Louviers em 1647, mais de 14 possessões demoníacas foram causadas pela irmã Madeleine Bavent, e do padre Thomas Boullé, também eles envolvidos em bruxarias de pacto satânico. Também na localidade de Auxonne, em 1650,  a Madre superiora Barbara Buvée esteve ligada a actos de magia negra que levaram á possessão demoníaca de oito pessoas. Em 1634, ocorreram os celebres casos de possessão demónica em Loudun, por consequência da prática e bruxarias celebradas pelo padre Urbain Grandier, que havendo celebrado pacto com o demónio, assim se tornou secretamente um padre satânico.

São inúmeros os casos de padres satanicos e freiras satânicas existentes ao longo dos séculos, ou seja, homens e mulheres com votos e sacramentos prestados a uma igreja, que porem subvertem esses votos, entregando-se em pacto demoníaco, e praticando magia negra. Nesses casos, produzem-se as mais fortes magias negras. Um desses fortes e temíveis trabalhos de magia negra, é a bruxaria para amarração do homem casado.

Desde imemoriais e ancestrais tempos – sempre assim foi e sempre assim será – tem acontecido a mulher apaixonar-se por esse homem, e porem esse homem ser casado. Nesses casos a mulher poder querer o homem casado seja para ser seu amante, ou ela pode mesmo querer que ele largue da esposa e assuma um compromisso amoroso serio.

E porem: grande será o tormento dessa mulher se esse homem casado se recusar a entregar-se amorosamente, seja recusando-se a ser amante da mulher,ou seja mesmo recusando largar a esposa.

Normalmente desse tipo de situação – isso é reconhecido – o homem casado alega que não tem nada com a sua esposa, e porem ele fica adiando, fica hesitando, fica dando todo o tipo de desculpas e alegando todo o tipo de pretexto para não vir ao encontro da mulher que o ama, seja dizendo que tem receio de perder os seus bens materiais, seja alegando que não pode largar os filhos, e por vezes mesmo dizendo que foi embruxado e que não tem forças para largar a esposa. Ele usará todas as desculpas que a mulher já bem conhece.

Pois então: seja qual for o pretexto, a verdade é que o homem casado quando não quer dar o braço a torcer, acaba sempre alegando todo o tipo de pretextos, e nesses casos a mulher que ama um homem casado acaba sempre enfrentando este tipo de adiamento.

Por isso:

Nesses casos, apenas recorrendo do trabalho de magia negra para amarração de homem casado… então a mulher pode – através dessa forte bruxaria de magia negra oficiado por bruxos de magia negra – assegurar que o homem casado se lhe entrega sem mais desculpas, sem mais hesitações, sem mais adiamentos, sem mais relutâncias.

Assim sendo:

um tal trabalho de magia negra para amarração de homem casado – desde tempos imemoriais – é feita com recurso a um poderoso trabalho de magia negra oficiado através de varias missas negras, pois apenas essa amarração pode garantir resultados garantidos na conquista de homem casado.

Pois então:

Desde há séculos que se tem visto e comprovado os resultados dos trabalho de magia negra para amarração de homem casado, ao longo de centenas e centenas de verdadeiros e espantoso milagres observados ao longo da historia, nos quais as mais diversas mulheres venceram poderosamente, e garantiram homens casados.

Eleanor Conham, a duquesa e de Gloucester, foi protagonista de um célebre caso de amarração lançada a um homem casado, e ocorrido na Inglaterra do século XV. Por volta dos anos de 1420, Eleanor Conham procurou os serviços da bruxa Marguery Jourdemain. Conhecida pela bruxa do Olho. Em 1420, a bruxa já tinha alcançado grande fama e os seus trabalhos de magia negra eram abundantemente requisitados, pois eram célebres as amarrações que a bruxa Jourdemain lançava usando bonecos baptizados com o nome da vítima, sobre os quais ela lançava fixamente um olhar, ao mesmo tempo que entoava encantamentos em Latim. O poder daquele mau olhado lançado sobre o boneco, infestava imparávelmente a pessoa ali representada pela figura. E conforme o boneco era infestado pela bruxaria, pois também a pessoa representada pelo boneco era contagiada pela maldição. Os efeitos eram espantosos, e foram usados em todo o tipo de situações, desde vinganças, a separações, e a amarrações.  A bruxa Jourdemain era especialmente procurada pelas senhoras da corte em assuntos relacionados com relacionamentos amorosos, e por vezes até em situações nas quais desejavam engravidar rapidamente de um certo fidalgo, ou desfazer-se de uma gravidez inoportuna. Ambicionando casar com Humphrey, o poderoso duque de Gloucester, Eleanor Conham recorreu dos serviços da bruxa Marguery Jourdemain. O duque era já casado, e por isso a situação parecia difícil. A amarração de magia negra foi feita com recurso á invocação de espíritos de mortos, assim como com a intervenção de demónios. Estando feito o trabalho de magia negra, em 1425 Eleanor Conham tornou-se amante do duque de Gloucester, em 1428 o duque já estava de tal forma embruxado que anulou o seu primeiro casamento para ficar com Eleanor, em 1435 os efeitos da magia negra eram tais que o duque coloca todos os seus bens em nome dele e de Eleanor, e no final, em 1436 Eleonor casa-se e recebe o titulo de duquesa de Gloucester, tornando-se uma das mulheres mais influentes em Inglaterra. O caso tornou-se famoso, e os trabalhos de magia negra da bruxa tornaram-se lendários. Assim se testemunhava o poder dos trabalhos de magia negra para ter homem casado, neste caso que ficou historicamente documentado.

Anne Boleyn (1507-1536) foi uma rainha inglesa que casou com o rei Henrique VIII em 1553. Porem, consta nos círculos do oculto que antes de ser rainha, Anne Boleyn era uma bruxa. E havendo desejado casar-se com o rei Henrique VIII, lançou-lhe um forte trabalho de magia negra, na forma de uma amarração que foi celebrada através de missa negra. Com essa missa negra, a bruxa não apenas se tornou rainha de Inglaterra, como afrontou o poderio do Vaticano, desfeiteando um duro golpe na Igreja. O rei Henrique VIII já estava casado, e esse casamento era altamente patrocinado pela bênção da Igreja, que se opôs veementemente a qualquer dissolução do matrimónio real. Porem, diz-se que tal foi a força da magia negra que a bruxa lançou sobre o rei, que o monarca cego de desejos pela bruxa, levou em frente a sua pretensão, e casou-se com  Anne Boleyn. O casamento deu-se em privado e secretamente, enquanto que ainda estavam em curso as negociações para a dissolução do anterior casamento do rei com a Catarina de Aragão, através da qual se havia celebrado uma aliança com o reino de Espanha. Anne Boleyn foi secretamente uma bruxa, e celebrou um rito de amarração ao rei Henrique VIII, conseguindo assim aquilo que parecia impossível, que foi suceder como rainha de Inglaterra a um casamento que era quase impossível de dissolver. A igreja de Roma e o Papa opunham-se fortemente á dissolução do matrimonio real, pelo que há rumores que a bruxa se terá virado para os poderes opostos aos da Igreja de Roma, e terá celebrado uma Missa Negra para desposar do rei não pela lei de Deus, mas sim pela lei da magia negra e do Diabo, coisa que conseguiu com sucesso.

Também há o caso de Joseph-Antoine Boullan ( 1824-93) , que foi um celebre bruxo francês que nos finais do século XIX, liderou a Igreja do Carmelo em Lyons, França. A Igreja do Carmelo foi condenada pelo Papa em 1848, e nela praticaram-se cultos satânicos, assim como Sabbats satanicos e Missas Negras. Joseph-Antoine Boullan era um padre, que havendo-se enamorado de uma jovem freira de nome Adéle Chevalier, acabou por profanar os seus votos sacerdotais, entregando-se á luxuria com a freira, invocando ao demónio, e celebrando pacto com o diabo. Boullan tornar-se-ia um padre satânico, e a jovem freira seguiu-o, tornando-se também uma freira satânica. Mais tarde, uma bruxa de nome Julie Thibault haveria de juntar-se ao padre, tornando-se sua amante, e com ele celebrando celebres missas negras em pleno altar de Igreja. Os trabalhos de magia negra do padre satânico tornaram-se famosos, e abundantemente requisitados, havendo os seus sucessos sido registados e documentados na obra do escritor Joris-Karl Huysmans, em 1891. Devido á natureza das proezas que o bruxo e padre satânico alcançava em assuntos de luxuria, muitos desses trabalhos encomendados eram para conquistar homens casados, e o sucesso das amarrações era tal, que se tornou lendário.

Outro exemplo disso pode ser comprovado na obra de são Cipriano – bruxo que tinha grande Pacto infernal do o Diabo – , onde ali se pode ler:

«a marquesa deve pagar a Voisin as cem mil libras (…) a marquesa está disposta a mudar as inclinações do soberano em relação a Fontagnes e para isso esta disposta  a fazer o impossível. Alem disso, acredita a marquesa que um dia será rainha e portanto não hesita em destruir a mulher de luís LIV (…) tudo isto lhe é soprado ao ouvido pelo ouvido (…):« não é verdade que o amor (…) obedece a essas artes e a esses filtros?»

Obra de são Cipriano, Capitulo , versando sobre «missa negra», Pag 402

Pois assim sendo, assim se fica sabendo:

No ano de 1667 – por consequência de um trabalho de magia negra para amarração de homem casado, celebrado por missas negras – a marquesa de Montespan conseguiu aquilo que todos julgavam impossível!, e ela tornou-se amante do rei Luís XIV , ( o chamado «rei Sol», o rei absolutista de França que construiu o famoso Palácio de Versalhes em Paris), que era casado com a infanta Maria Teresa de Espanha, e que antes esteve prometido a Catarina de Bragança, infanta de Portugal, mas que acabou antes casando-se com o rei de Carlos II de Inglaterra.

A marquesa de Montespan estudou no Convento de Las Saintes, onde já aí terá tido contacto com um Abade – que era também um padre satânico com pacto firmado com o Diabo – que a iniciou nas artes de bruxaria.

A marquesa de Montespan ambicionava ser a amante preferida do rei Luís XIV, ( um homem casado, e um homem inacessível), o que faria dela uma das mulheres mais ricas e poderosas do mundo.

Assim sendo:

a marquesa de Montespan recorreu da bruxa de nome Catherine Deshayes, que se sabia ter Pacto firmado com Satanás. Através das  missas negras celebradas pela bruxa e pelo padre satânico, a marquesa – e após ter esperado mais de 1 ano após a celebrações desses infernais rituais –  então as missas negras começaram dando frutos ao longo dos oito anos que se seguiram, e a marquesa de Montespan começou vendo os efeitos da bruxaria paulatinamente sucedendo, e ela findos esses 9 anos então acabou sendo a amante oficial do rei durante os seguintes 13 anos, algo que causou espanto, pois que toda a gente dizia ser impossível.

Mais:

depois de ter todos os seus desejos satisfeitos, ela – depois disso – passou a ser dama de companhia da infanta Maria Teresa de Espanha, rainha de França.

Então:

Por consequência das missas negras da bruxa Catherine, (conhecedora que ela era dos segredos da magia negra e dos trabalhos de magia negra),   então a marquesa de Montespan venceu nos seus desejos, e ganhou o titulo de amante real, sendo ela a única mulher a quem o rei permitia engravidar de filhos legítimos á coroa , algo que estava – logicamente – reservado apenas á rainha.

Pois então:

assim se comprova historicamente o poder do trabalho de magia negra para amarração de homem casado, celebrada através de missas negras!

Pois por isso:

a mulher que quiser garantir um homem casado vindo e entregando-se ás suas mãos, e andando rastejando aos seus pés, então essa mulher deve – sem hesitação nem olhar a custos – recorrer  trabalho de magia negra para amarração de homem casado, celebrada através de missas negras, conforme os saberes e ensinamentos dos mais fortes trabalhos de magia negra.

Assim sendo:

Quer trabalho de amarração de magia negra para homem casado?

Escreva-nos!

Trabalhos de magia negra, magia negra, amarrações. O altar de baphomet é uma Associação de natureza religiosa – informal e sem personalidade jurídica – fundada em 2011, e conforme os termos da Lei 16/2001 de 22 de Junho.O altar de baphomet é um altar privado de culto religioso privado e fechado. O altar de baphomet exerce os seus préstimos espirituais online, já há quase 1 década aqui abrindo caminhos nas causas mais impossíveis. No altar de baphomet praticam-se as artes da magia negra, invocações de espíritos de trevas, conjuraçoes de demónios, assombrações e aparições. Celebram-se missas negras para todos os fins: amarrações de casal, separações de casal, bruxaria de vingança, bruxarias de justiça, trabalhos de magia negra para afastamento de pessoas indesejáveis, trabalhos de magia negra para todos os fins.Desde 2011 a providenciar sucessos e vitorias, nos casos mais difíceis e desesperados.

 

© 2019, admin. All rights reserved.

This entry was posted in trabalhos de magia negra and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.