Amarrações poderosas

Amarrações poderosas

Anna Maria Schwagel (1775) foi uma notória bruxa da Baviera. Por volta dos seus trinta anos, Anna Maria Schwagel foi abordada por um cocheiro bem parecido, bem-falante e bem apresentado. Vestido sempre de negro e conduzindo um sumptuoso coche negro puxado por belos cavalos negros, o cocheiro foi fazendo as suas misteriosas aparições,e foi-se insinuando até seduzir a mulher. O cocheiro prometeu casar com ela, na condição de Anna Maria renunciar á fé cristã, e passar a adorar apenas ao Diabo. Anna Maria Schwagel renunciou á fé cristã, celebrou pacto com o Diabo, e teve relações carnais com ele. O prometido «casamento» estava assim selado, uma vez que todas as bruxas são amantes e concubinas do Diabo, e assim é o casamento do demonio. Tendo isto acontecido, o cocheiro desapareceu tão misteriosamente como tinha aparecido. Desapareceu, porem havendo-a transformado numa bruxa, pois que a mulher havia sido levada a celebrar Pacto com demonio. Anna Maria foi depois misteriosamente levada a conhecer um frei Augustino, que também já tinha profanado os seus votos, tornando-se um padre satânico. Foi com ele que Anna Maria Schwagel recebeu os conhecimentos das artes da magia negra, e começou a celebrar trabalhos de magia negra que a tornaram célebre. Mais tarde, Anna Maria soube que o misterioso chocheiro que a havia abordado, escolhido e seduzido para a bruxaria, era na verdade o próprio demonio incorporado em corpo humano. Como a promessa que o Diabo tinha feito a Anna Maria fora de uma promessa de casamento, – porquanto o misterioso cocheiro era o próprio Diabo – a bruxa passou então a celebrar trabalhos de magia negra relacionados com casamentos, fosse para os promover, fosse para os acabar, fosse para o adultério. As suas amarrações eram as mais poderosas, e tornaram-se lendárias.

Os trabalhos de magia negra são realidades há muito conhecidas e comprovadas. O Papa João XXI ( 1245 – 1344), tinha a certeza absoluta da existência de bruxas e bruxarias, porquanto ele mesmo foi vitima de trabalhos de magia negra. Em 1317, um ano após a sua eleição como Papa, soube-se que três padres lhe tinham lançado bruxedos de magia negra, e que essas bruxarias tinham sido feitas com recurso a bonecos com a sua imagem. O Papa viu a sua saúde começar a definhar sem explicação, mas conseguiu recuperar-se. Por esse motivo, e por ter confirmado na própria pele os efeitos da magia negra, em 1320 o Papa João XXII instruiu a Igreja em França para investigar todos os casos de quem fizesse sacrifício a demónios, ou de quem lidasse nas artes de magia negra através de trabalhos de magia negra feitos com bonecos de cera. O próprio Papa confirmava assim – para alem de qualquer réstia de dúvida – a veracidade sobre o poder destes trabalhos de magia negra feitos através de bonecos, e cujos os efeitos ele mesmo tinha sentido. Muitas das mais poderosas amarrações, são por isso feitas com recurso a bonecos ou fotografias, usando assim das mais ancestrais técnicas ocultas.

Um exemplo dessas bruxarias e do seu poder, ocorreu na Inglaterra do século XIV.John de Notingham ( f. 1325), foi um famoso bruxo Inglês, cujos os lendários trabalhos de magia negra deixaram inscritas na historia indeléveis provas sobre a bruxaria, e a veracidade dos seus efeitos. Um dos seus mais notórios trabalhos ocorreu em 1323 quando um burguês de nome Robert de Mareschal contratou os préstimos do bruxo para lançar um bruxedo a um vizinho seu de nome Richard de Sowe . John de Notingham aceitou o trabalho, e iniciou os preparativos do mesmo retirando-se para uma casa isolada nos arredores de Coventry, onde começou a elaborar e trabalhar numa figura de cera representativa da vítima. O trabalho estava completo em 1324. Na noite de 27 de 27 de Abril, o bruxo John de Notingham chamou Robert de Mareschal á sua presença, e pediu-lhe que atirasse um pedaço de chumbo á cabeça do boneco. O homem assim o fez, e nada sucedeu. John de Notingham disse então a Robert de Mareschal que aguardasse pelo efeito. Mareschal regressou a casa sem saber aquilo que pensar, e no dia seguinte foi visitar o seu vizinho. Foi com temor que encontrou Richard de Sowe completamente desorientado. Disseram-lhe que de Sowe tinha enlouquecido subitamente durante a noite, que não se lembrava nem reconhecia ninguém á sua volta, e gritando repetia frequentemente a palavra «Flecha!». Nas semanas seguintes o homem não melhorou, até que na presença de Robert de Mareschal o bruxo John de Notingham retirou o pedaço de chumbo da cabeça da figura de cera, e trespassou no coração do boneco. Passados alguns dias, Richard de Sowe pirou ainda mais, debilitando-se fisicamente de forma inexplicável. Este caso historicamente documentado comprova o alcance e o poder da magia negra, e dos trabalhos de magia negra.

Anne Izzard , foi uma notória bruxa que viveu na vila de Great Paxton, Inglaterra, em 1808. Anne Izzard tinha uma reconhecida reputação de bruxa por todos conhecida, e por todos temida. Havia pessoas de todos as localidades de Inglaterra a procurar pelos seus préstimos de bruxa, e os seus trabalhos de magia negra eram famosos. Na localidade todos temiam até o menor dos vislumbres do seu olhar, pois no passado houvera quem tivesse tentado ferir a bruxa, havendo-lhe deixado várias cicatrizes na face. A bruxa em jovem era uma bonita mulher, que atraiu as atenções de alguns homens, assim como os ciúmes de muitas outras mulheres. Tudo isso resultou num ataque que marcou a face da bela jovem bruxa. Porem, a verdade é que havendo recuperado das agressões, a bruxa vingou-se das suas cicatrizes faciais. Anne Izzard celebrou um poderoso trabalho de magia negra dirigido ás duas raparigas que instigaram o ataque, e lançando-lhes um forte bruxedo. Passadas semanas, ambas as raparigas faleceram inesperadamente, uma por um acidente inexplicável junto de um rio, e outra de doença súbita. Havendo assim sucedido a bruxa ainda viveu em paz naquela localidade, até que anos depois se mudou para St. Neots onde continuou a pratica das suas artes de magia negra até ao fim dos seus dias. Porem, a população de Great Paxton nunca mais se esqueceu da bruxa, que se tornou lendária. Os seus trabalhos de magia negra  eram famosos, temíveis e certeiros.

São estes os ancestrais saberes das bruxas da antiguidade, que ainda hoje são usados para celebrar amarrações poderosas, por aqueles que ainda detém esses conhecimentos ocultos.

Procura amarrações poderosas ?

Escreva-nos!

Trabalhos de magia negra, magia negra, amarrações, amarrações de magia negra, O altar de baphomet é uma Associação de natureza religiosa – informal e sem personalidade jurídica – fundada em 2011, e conforme os termos da Lei 16/2001 de 22 de Junho.O altar de baphomet é um altar privado de culto religioso privado e fechado. O altar de baphomet exerce os seus préstimos espirituais online, já há quase 1 década aqui abrindo caminhos nas causas mais impossíveis. No altar de baphomet praticam-se as artes da magia negra, invocações de espíritos de trevas, conjuraçoes de demónios, assombrações e aparições. Celebram-se missas negras para todos os fins: amarrações de casal, separações de casal, bruxaria de vingança, bruxarias de justiça, trabalhos de magia negra para afastamento de pessoas indesejáveis, trabalhos de magia negra para todos os fins.Desde 2011 a providenciar sucessos e vitorias, nos casos mais difíceis e desesperados, celebrando trabalhos de magia negra, magia negra, amarrações, amarrações de magia negra.

© 2019, admin. All rights reserved.

This entry was posted in amarrações and tagged , , , . Bookmark the permalink.