trabalho de magia negra de amarração, com boneca amaldiçoada

Trabalho de magia negra de amarração, com boneca amaldiçoada

Há muitos casos historicamente documentados sobre a existência de freiras satânicas – ou bruxas que eram simultaneamente freiras seduzidas pelo Diabo, e ao serviço de Satanás

Sobre o aparecimento das freiras satânicas que realizam trabalhos de magia negra e bruxaria através de Pacto selado com o Diabo, há vários exemplos e factos históricos. Um dos mais conhecidos, ocorreu no convento de Capri, nos anos 1630. Ali, a famosa irmã Dealta Martinelli foi uma das freiras seduzidas pelo demónio, e que se dedicou á pratica da bruxaria. A freira entregou-se carnalmente ao Diabo em acto de impura lascívia carnal, sendo que pela consumação de pecado, de sacrilégio e de profanação dos sagrados votos do celibato para com Deus, o Diabo selou com a freira o seu Pacto demoníaco, e em troca concedeu-lhe os dons da bruxaria e artes de magia negra, assim como especiais poderes nas magias de amor ou amarrações. A freira Dealta acabou por recrutar outras irmãs do convento, sendo que o sucedido acabou por chegar á atenção da Santa Inquisição, uma vez que os eventos sobrenaturais e heréticos ocorridos no convento tornaram-se conhecidos. A Inquisição local interrogou as freiras, assim como os exorcistas do Vaticano entre abril de 1638 e fevereiro de 1639. Várias freiras acabaram por confessar a origem do fenómeno, que residia na freira Dealta Martinelli, revelando que a freira teria sido seduzida pelo demónio, e com ele firmado pacto demoníaco, através do qual recebeu os dons da bruxaria. A freira praticava assim poderosos bruxedos de magia negra, e muita gente recorreu secretamente dos seus préstimos. A freira resolvia com impressionante sucesso tudo que eram problemas relacionados com amor e luxuria, e a sua fama tornou-a celebre na feitura de magia de amor. Ela e as suas companheiras de bruxaria ficariam conhecidas como as freiras satânicas., e os seus préstimos eram abundantemente procurados e principescamente pagos. Alguns desses famosos trabalhos de magia negra dessas bruxas e freiras satânicas, eram feitos através de bonecas embruxadas, ou bonecas amaldiçoadas.

Um dos casos verídicos e mais célebres sobre trabalhos de magia negra realizados com bonecos, ocorreu na Inglaterra do século XIV. John de Notingham ( f. 1325), foi um famoso bruxo Inglês, cujos os lendários trabalhos de magia negra deixaram inscritas na historia indeléveis provas sobre a bruxaria, e a veracidade dos seus efeitos. Um dos seus mais notórios trabalhos ocorreu em 1323 quando um burgues de nome Robert de Mareschal contratou os préstimos do bruxo para lançar um bruxedo a um vizinho seu de nome Richard de Sowe . John de Notingham aceitou o trabalho, e iniciou os preparativos do mesmo retirando-se para uma casa isolada nos arredores de Coventry, onde começou a elaborar e trabalhar numa figura de cera representativa da vítima. O trabalho estava completo em 1324. Na noite de 27 de 27 de Abril, o bruxo John de Notingham chamou Robert de Mareschal á sua presença, e pediu-lhe que atirasse um pedaço de chumbo á cabeça do boneco. O homem assim o fez, e nada sucedeu. John de Notingham disse então a Robert de Mareschal que aguardasse pelo efeito. Mareschal regressou a casa sem saber aquilo que pensar, e no dia seguinte foi visitar o seu vizinho. Foi com temor que encontrou Richard de Sowe completamente desorientado. Disseram-lhe que de Sowe tinha enlouquecido subitamente durante a noite, que não se lembrava nem reconhecia ninguem á sua volta, e gritando repetia frequentemente a palavra «Flecha!». Nas semanas seguintes o homem não melhorou, até que na presença de Robert de Mareschal o bruxo John de Notingham retirou o pedaço de chumbo da cabeça da figura de cera, e trespassou no coração do boneco. Passados alguns dias, Richard de Sowe pirou ainda mais, debilitando-se fisicamente de forma inexplicável, e faleceu. Este caso historicamente documentado comprova o alcance e o poder da magia negra, e dos trabalhos de magia negra feitos com bonecos. E este tipo de trabalho de magia negra aplicado a amarrações, é de um poder incomparável.

Outro dos casos verídicos mais famosos de bruxaria através de bonecos de cera, ocorreu em Inglaterra, por volta de 1594. Foi dessa data que Ferdinand Stanley, conde de Derby ( 1559-1594),  encontrou na sua cama um boneco de cera feito por uma bruxa. O boneco foi imediatamente queimado, assim tentando-se travar o bruxedo. De nada serviu, pois o conde de Derby começou a ver o seu estado de saúde piorar inexplicavelmente, e veio a falecer poucos dias depois. As bruxarias celebradas através de bonecos de magia negra, sempre foram das mais temidas e imparáveis, e os seus resultados estão comprovados historicamente em célebres casos verídicos.

A tradição de usar de bonecas amaldiçoadas em trabalhos de magia negra, á uma bruxaria usada por bruxos e bruxas á milénios, e na verdade tal técnica de magia negra remonta aos mais ancestrais ensinamentos de magia negra proveniente de Africa.

Uma das ancestrais praticas de amarrações de magia negra feitas através de bonecos e bonecos amaldiçoados, é conhecida por Joujou, que é um ramo da magia negra associado ao Voudu.

O termo Joujou deriva da palavra francesa Jouet, que significa brinquedo,  e nesta magia negra africana são usados procedimentos ocultos para capturar uma entidade espiritual e faze-la habitar num objecto como um brinquedo. Há relatos verídicos de tais brinquedos, sendo um dos mundialmente mais famosos o caso da boneca retratada no filme The conjuring e Annabele, filmes que são baseados num caso verídico testemunhado por cientistas e confirmado pelo Vaticano.

Na África ocidental, é mesmo possível encontrar templos Joujou, onde esses objectos feitos por um bruxo estão ali expostos tal como os santos expostos numa igreja cristã.

Os objectos impregnados de magia negra africana podem ser usados tanto para fins positivos,( como exorcismos de maus espíritos, curas de doenças do corpo, curas de enfermidades espirituais), como também podem ser usados para fins negativos, (vinganças, separação de casais, causar má sorte a um amor ou a um lar, impor ciúmes e discórdias, prejudicar a saúde de alguém, trancar os caminhos da vida e a felicidade de alguém, etc)…

Os objectos Joujou são feitos por um bruxo que usa de técnicas de magia negra para lançar uma entidade espiritual – geralmente um demónio – para dentro do objecto desejado, sendo que a partir do momento em que o procedimento está concluído, o espírito conjurado pelo bruxo irá habitar naquele objecto que se transformará num Ídolo de natureza satânica. Esse ídolo será por isso o receptáculo de um espírito, que tanto poderá tratar-se de um espírito de antepassados, como um espírito demoníaco, ou como um espírito da natureza.

Os ídolos Joujou africanos bons são conhecidos por idem, ao passo que os ídolos Joujou africanos maus são conhecidos por mbiam. Os ídolos joujou bons são usados por bruxos na medicina tradicional africana para curar todo o tipo de enfermidade física ou espiritual. Já os ídolos joujou ruins são usados por bruxos para causar efeitos ruins e de magia negra. Existem também Joujous africanos macho e fêmea, e esses joujou são usados conforme o sexo da pessoa que se pretende atingir com o trabalho de magia negra africana. Há ídolos joujou africanos que tem séculos e séculos de existência, e são conhecidos por terem operado os maiores prodígios e resultados em casos julgados impossíveis, sendo que por isso são motivo de culto religioso e grande devoção em certos povos africanos. Há bastantes lendas sobre pessoas que – com receio da magia negra de um Joujou –  tentaram livrar-se ou destruir um Joujou, apenas para depois descobrirem que mesmo reduzido a cinzas ou destruído, porem o joujou acabou por reaparecer intacto noutro local do mundo, ou até reaparecendo na vida de quem se quis livrar desse ídolo africano de magia negra.

Também na Europa, há historias de padres satânicos e freiras satanizas que possuíram bonecas amaldiçoadas ou bonecas satânicas. Muitas das vezes foram-lhes parar ás mãos naquilo que parecia ser um mero acaso, aparecendo-lhes misteriosamente á porta, ou indo-lhes parar ás mãos na forma de um presente anónimo. Porem, mais tarde verificou-se que não se tratavam de meros acasos – até porque isso não existe -,  mas sim eram formas subtis do demónio encontrar uma forma de chegar ao padre ou freira, a fim de se insinuar na sua vida até ao ponto de os corromper, subverter, perverter, e levar a ceder ao Pacto com o Diabo.

Quanto aos ídolos Joujou Africanos, eles constituem verdadeiras maldiçoes de magia negra, maldição essa que é quase impossível de alguém se livrar ou escapar, motivo pelo qual o Joujou de magia negra africana é um instrumento especialmente poderoso quando aplicado a amarrações, pois que assombrarão persistentemente a pessoa amarrada pelas amarrações africanas de forma poderosa, incessável e imparável. Na Africa ocidental, alguns dos mais reconhecidos artesãos fabricantes de ídolos Joujou  são chamados marabouts, que são homens santos e religiosos que conservam consigo ancestrais conhecimentos ocultos tribais quem vem passando de geração em geração ao longo dos seculos, e que fabricam tais ídolos para todos os fins, desde ajudar em assuntos materiais, assuntos de fertilidade, assuntos comerciais, assuntos familiares, assuntos de saúde física e saúde espiritual, etc.

 

Como são feitos os trabalhos de magia negra de amarração, com boneca amaldiçoada?

Nos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, usa-se uma boneca de cerâmica. Nos trabalhos de magia negra de amarração, com boneca amaldiçoada, a cerâmica dessa boneca deve antes ter sido forjada com barro que é misturado em terra de cemitério colhida de terreno que rodeia 6 sepultaras. Tal como Deus fez o homem do barro, pois também do barro e do cemitério é feita a boneca das amarrações da boneca amaldiçoada. A combinação de barro com terra de cemitério é cosida num forno artesanal alimentado com galhos de sabugueiro colhidos numa encruzilhada amaldiçoada. Lendas dizem que foi numa árvore de sabugueiro que Judas – o apóstolo que vendeu Jesus a troco de 30 moedas de prata – se enforcou. Outros lendas dizem que a madeira da cruz onde Jesus foi crucificado provinha de uma árvore de sabugueiro. Por esses motivos, a árvore de sabugueiro foi uma árvore intimamente associada e fortes forças espirituais, e até a maldiçoes, sendo também uma árvore amaldiçoada.

Nos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, assim estando feito então no interior de boneca de cerâmica é injetado sangue de bode negro.

Nos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, tem de ser usado um bode negro criado e alimentado para fins de magia negra.

Ao bode – criado que é exclusivamente para ser empregue num rito de magia negra –  todas as sextas-feiras de lua cheia é dada a comer hóstia consagrada junto com a sua ração, e á dada de beber água benta junto com a sua água, e o bode tem de ser totalmente negro e sem nenhuma imperfeição. O bode aos 6 meses é marcado a ferro com um símbolo satânico, e só é entregue como oferenda aos 6 ou 16 anos. Há quem faça criação exclusiva destes bodes negros para serem empregues exclusivamente em ritos de magia negra, e porem eles são raros e difíceis de adquirir.

Nestes trabalhos de magia negra de amarração , chega a noite em que o bode negro deve ser oferendado aos espíritos, e esse procedimento deve ser celebrado em terreno de cemitério e sob o luar de Lua-Cheia.

Assim se conjuram espíritos dos mortos para dentro da boneca de porcelana.

Cuidado, pois por vezes podem ser conjurados espíritos inferiores ou demónios, e isso pode acabar por ser fatal, e por isso é necessário ter profundo conhecimento do que se está a oficiar. Por isso: não faça estas amarrações pelas suas próprias mãos, mas sim consulte que sabe lidar nestas amarraçoes.

Há relatos verídicos sobre a existência de uma dessas bonecas nos Estados Unidos, e que foi estudada por especialistas do sobrenatural e demonologistas autorizados pelo Vaticano nos anos 70. Tudo está documentado, e a boneca infernal encontra-se trancada e longe do contato com seres humanos.

Uma vez sendo a boneca infernal produzida, então ela deve ser levada a um adro de Igreja ás horas de meia-noite, onde ali lhe é amarrado um pergaminho escrito a sangue com a identificação da criatura que se deseja amarrar. São entoadas litanias de são Cipriano, e a boneca deve ser sepultada nesse adro de Igreja.

Nos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, enquanto a boneca ali permanecer junto com o pergaminho escrito a sangue, pois então a criatura amarrada sofrerá em espirito assombrações e o purgatório dos infernos ate se entregar a quem lhe mandou amarrar, e por isso a pessoa acabará sempre entregando-se.

Quais os efeitos e resultados dos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada?

Este trabalho de magia negra de amarração , começa a manifestar-se na criatura amarrada 7 dias depois da amarração estar concluída, e por ser forte apenas deve ser lidada por quem tem sabedoria para lidar com fenómenos espirituais poderosos.

Nos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, a alma da pessoa amarrada será em espírito assombrada, e aparições vão em espírito atormentar o espírito dessa pessoa e das pessoas á sua volta, e assim o espírito demoníaco persistirá insistindo e persistindo a fustigar a alma dessa pessoa ate que essa pessoa vá ceder e se entregue a quem a mandou amarrar. Por isso, uma vez infestada pelos trabalhos de magia negra de amarração com boneca amaldiçoada, a pessoa – demore o que demorar – está condenada a ceder e entregar-se. Porem. insistindo em não ceder, então a maldição e assombração demoníaca persistirá castigando na vitima sempre sem cessar, até que ela ceda. Cedendo, a vitima é liberta dos tormentos, e porem teimando em resistir, então os tormentos persistem sempre sem cessar, e se ela persistir teimando, então assim será fustiga até há hora da sua desgraça. Por isso, a pessoa não tem alternativa senão ceder.

Logo:

Quem recorre desta amarração de magia negra , pode ter a certeza que essa pessoa nunca mais se livrará de quem a mandou embruxar, nem do bruxedo que lhe foi infestado. E por isso, a pessoa amarrada não tem alternativa senão ceder.

Quer uma forte amarração?

Quer verdadeiras amarrações?

Escreva-nos!

© 2019, admin. All rights reserved.

This entry was posted in trabalhos de magia negra and tagged , , , , . Bookmark the permalink.