Magia negra e os demonios Zodiacais

Magia negra e os demónios Zodiacais 

O notório ocultista Agrippa von Nettesheim, (1486 – 1535), um contemporâneo de Faustus , o notório doutor que fez o lendário pacto com o demónio, é o autor do célebre grimório «De occulta Philosophia» (1531-33). Para a demonologia, o trabalho de Agrippa foi precioso enquanto um catalogador e estudioso das tradições de magia negra e bruxaria medievais. Nos seus estudos, são listados antigos símbolos e sigilos que foram fundamentais para o conhecimento da demonologia. Num dos estudos mais importantes de Agrippa, o ocultista debruçou-se sobre os demónios Zodiacais, e nesse estudo podem-se observar os demónios que tem especial regência ou poder sobre certo signo do Zodíaco, o que faz com que alguém nascido sob aquela constelação pode ser mais facilmente influenciado pelas suas vibrações.  Invocando ao demónio zodiacal certo para uma certa pessoa, as bruxas sabiam que a pessoa estava especialmente permeável ás influencias daquele demónio, e que por isso um trabalho de magia negra contaminaria essa pessoa mais facilmente.

Alguns dos demónios zodiacais conhecidos pelas bruxas, são:

Demónio Shedbarschemoth – Lua, a quem se deve invocar para pedir que os bruxedos sejam bem sucedidos

Taphthartharath – Mercúrio, a quem se deve invocar em trabalhos de magia negra para obtenção de dinheiro e riquezas

Demónio Kedemel – Vénus, a quem se deve invocar em trabalhos de magia negra para o amor, erotismo, luxuria

Demónio Sorath – Sol, a quem se deve invocar em trabalhos de magia negra para dar retribuições pelo mal sofrido

Demónio Barbazel – Marte, a quem se deve invocar em trabalhos de magia negra para vencer conflitos ou disputas

Demónio Zazel  – Saturno, a quem se deve invocar em trabalhos de magia negra para amaldiçoar

Outro dos demonios zodiacais é Alhoniel, regente das mansões lunares, e importante para a invocação de espíritos durante a feitura de um trabalho de magia negra.

Existe um demónio chamado Algol, cujo o nome deriva do Arábico Al Ghul, uma referencia á «cabeça do Demónio». Astrologicamente, trata-se de uma estrela situada na constelação de Medusa, e atribuem-lhe uma natureza demoníaca. Havia astrólogos na antiguidade, que a consideravam a estrela mais demónica dos céus, de tal forma que a chamavam a Estrela do Demónio, e os astrólogos Hebreus da Antiguidade nomearam-na de Rosh há Satan, ou a cabeça de Satanás. Outros ocultistas Hebreus, chamavam-se porem, Lilith. Esta estrela representava um dos secretos demónios Zodiacais, a quem poucos conhecem. Sabendo da influência astrológica destes demónios, as bruxas invocavam forças de trevas ancestrais, capazes de gerar os mais espantosos efeitos através dos seus trabalhos de magia negra.

Procura verdadeiros trabalhos de magia negra ?

Venha falar com quem sabe.

Escreva-nos!

© 2019, admin. Todos os direitos reservados. Copyright de trabalhosdemagianegra.com

This entry was posted in magia negra and tagged , , . Bookmark the permalink.