Amarrações de magia negra

Amarrações de magia negra

O poder das amarrações de magia negra foi de tal forma constatado através de testemunhos verídicos no reinado da rainha Elisabete I de Inglaterra ( 1533 – 1603). que a pratica deste tipo de bruxedo foi acabou por ser prevista na lei do reino. Nessa época, ocorreram diversos casos daquilo a que se chamava o «fascínio» ou «encantamento» de diversas pessoas, todos eles causados por magia negra, e que geraram muito temor na sociedade, pois que faziam as pessoas embruxadas agirem como se não estivessem em sí mesmas, tal a forma como ficavam «fascinadas» ou «encantadas» por quem as tinha mandado embruxar. Havendo também presenciado estes eventos verídicos que assolaram a Inglaterra do século XVI e XVII, James I ( 1566 –1625) foi não apenas rei de Inglaterra, como o autor de um dos mais influentes compêndios de demonologia, um tratado sobre bruxaria e magia negra intitulado «Demonology» (1597).

Na verdade, a obra Demonology do Rei James I de Inglaterra, foi a maior autoridade do seu tempo em assuntos de magia negra. No capítulo VII do Livro II do famoso grimório «Demonology», é claramente afirmado por Epistemon que «who denies the power of the Devil would likewise deny the power of God, for since de Devil is the very contrary oppsote to God, there can be no better way to know God, then by the contrary», ou seja, «quem nega o poder do Diabo, está a negar o próprio poder de Deus, pois que o Diabo é o preciso oposto de Deus, e não há melhor maneira de conhecer Deus, que pelo seu oposto». Ou seja: afirma o celebre grimório que a existência do Diabo pressupõem a existência de Deus, e a existência de Deus implica a existência do Diabo, e uma não existe sem a outra. E por isso, assim confirma o celebre grimório que a mais poderosa das bruxarias, é aquela que é realizada através da magia negra. E por isso, desde há séculos que se sabe que o mais forte bruxedo que se pode celebrar é um bruxedo de magia negra. E por isso, desde sempre que se sabe que as mais fortes amarrações, são as amarrações de magia negra.

O notório poeta e dramaturgo Inglês Thomas Shadwell ( 1642 – 1692), nas suas «Notes upon the Magick» ou Notas sobre a Magia da sua famosa peça The Lancashire Witches, cita frequentemente o grimório Malleus Maleficarum ( 1486), dos demonologistas Jacob Sprenger ( 1438 – 1495), e Heinrich Kramer,  ( 1430 – 1505), onde se dá nota de como as bruxas – através do poder da magia negra – , conseguem gerar os mais fortes efeitos em homens e mulheres, afectando os seus comportamentos, e assim unindo-os ou separando-os conforme se deseja. Aqui encontra-se um testemunho histórico do poder das amarrações amorosas de magia negra.

Por volta dos anos de 1864, o notório jurista e demonologista Francês Joseph Bizouard (1797 – 1870), publicava na sua obra de seis volumes, vários factos e realidades sobre a natureza diabólica e poderosa da magia negra, e as formas como o fenómeno da bruxaria gerava efeitos bem reais na vida das pessoas. Bizouard menciona também o reconhecido ocultista Caligostro ( 1743 – 1795), de quem dá nota de ser um conhecedor de sabedorias místicas ligadas á magia negra, cujos os feitos acabaram por se tornar famosos junto das altas classes da sociedade. Na Itália do século XVIII existiu o famoso bruxo e ocultista de nome Giuseppe Balsamo, mais conhecido como conde Caligostro ( 1743 – 1795), que havendo sido aprendiz de um monge conhecido como padre Albert. Porem, as tendências de Guiseppe pendiam demasiadamente para a magia negra, e por isso acabou expulso do meio monástico, indo para Palermo, e dedicando-se aos estudos do oculto, tornando-se assim num reputado bruxo. O seu nome esteve sempre envolto em alguma controvérsia, uma vez que acabou por despertar o ódio da igreja, a inveja de concorrentes e o desprezo de quem via as suas mulheres embruxadas irem entregar-se hipnotizadas aos braços de outros homens que haviam encomendado amarrações ao bruxo. Porem, o seu nome ficou inscrito na história da magia negra, e há cronicas que afirmam que não havia donzela solteira ou mulher casada que escapasse ás amarrações do bruxo. As amarrações de magia negra do bruxo eram irresistíveis. E ainda hoje, essas amarrações existem e continuam a ser igualmente irresistíveis.

Procura verdadeiras amarrações de magia negra ?

Venha falar com quem sabe.

Escreva-nos!

© 2020, admin. Todos os direitos reservados. Copyright de trabalhosdemagianegra.com

This entry was posted in amarrações and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.